Pára, meu coração! Não penses! / Deixa o pensar na cabeça!

Fernando Pessoa

miércoles, 2 de mayo de 2012

'Uns versos de Álvaro de Campos'



Unos versos del héteronimo pessoano Álvaro de Campos.



3 comentarios:

Salamandrágora dijo...

¡Qué grande, Pessoa! Nâo é fácil amar infinitamente o finito e impossivelmente o possível.Mais alguns estamos nisso.

Cumprimentos.

El transcriptor dijo...

Apesar das dificuldades, é melhor do que não fazer nada, pois não?

Cumprimentos

Salamandrágora dijo...

Claro que sim!