.

.

.

el sabroso oficio / del dulce mirar GóngoraWie schwer es ist, die Schönheit zu begreifen! Günter Eich

sábado, 19 de octubre de 2013

Elis Regina + Maria Bethânia - Modinha

Vinícius, en buena compañía, el poeta Manuel Bandeira (caricatura de Kleber Sales)


Cien años del nacimiento de Vinícius de Moraes (19-10-1913). Letra de Vinícius y música de Tom Jobim: Modinha. Elis Regina interpreta la primera versión y Maria Bethânia, la segunda. ¿Qué más se puede pedir? Más canciones de Vinícius, por ejemplo. Hoje vamos ter mais música brasileira por estas bandas...


MODINHA

Não!
Não pode mais meu coração
Viver assim dilacerado
Escravizado a uma ilusão
Que é só desilusão

Ah, não seja a vida sempre assim
Como um luar desesperado
A derramar melancolia em mim
Poesia em mim

Vai, triste canção, sai do meu peito
E semeia a emoção
Que chora dentro do meu coração
Coração