.

.

.

el sabroso oficio / del dulce mirar GóngoraWie schwer es ist, die Schönheit zu begreifen! Günter Eich

sábado, 8 de marzo de 2014

Ivete Sangalo y Juan Luis Guerra - Não tenho lágrimas




Ya había sido publicada aquí esta vieja samba en una versión muy tranquila, la de Paulinho da Viola; la de hoy es interpretada por Ivette Sangalo y Juan Luis Guerra. Esta vez tiene ritmo suficiente para echarse un bailecito, ¿no?  Y desde luego, não choramos, não!

Patrício Teixeira la canta en 1937.



NÃO TENHO LÁGRIMAS

Quero chorar, não tenho lágrimas
Que me rolem nas faces
Pra me socorrer
Se eu chorasse,
Talvez desabafasse
O que sinto no peito
E não posso dizer
Só porque não sei chorar
Eu vivo triste a sofrer


Estou certo que o riso
Não tem nenhum valor
A lágrima sentida
É o retrato de uma dor
O destino assim quis
De mim te separar
Eu quero chorar não posso
Vivo a implorar



2 comentarios:

Paco Campos dijo...

¡cómo se contonea, cual cimbreante zíngara, la Sangalo... y cómo aguanta el tipo e impertérrito continúa cantando el Guerra, todo un "pofesional...!

Paco

El transcriptor dijo...

Muy bien esa unión de palabras, "cimbreante zíngara", fica bem com o modo em que ela se mexe...