.

.

.

el sabroso oficio / del dulce mirar GóngoraWie schwer es ist, die Schönheit zu begreifen! Günter Eich

miércoles, 4 de febrero de 2015

José Afonso - Teresa Torga



¿Quién fue Teresa Torga? "José Afonso fez dela uma canção. A história de uma mulher desesperada e triste que se despe na via pública em 1975." (v. Rua dos dias que voam).

El disco de José Afonso es Com as minhas tamanquinhas, publicado en el verano de 1976.

Dado que hay en el blog un buen número de canciones de este cantante de nuestro corazón, he decidido añadir una etiqueta para localizarlas más fácilmente.



TERESA TORGA

No centro da Avenida
No cruzamento da rua
Às quatro em ponto perdida
Dançava uma mulher nua

A gente que via a cena
Correu para junto dela
No intuito de vesti-la
Mas surge António Capela
Que aproveitando a barbuda
Só pensa em fotografá-la
Mulher na democracia
Não é biombo de sala

Dizem que se chama T'resa
Seu nome é Teresa Torga
Muda o pick-up em Benfica
Atura a malta da borga

Aluga quartos de casa
Mas já foi primeira estrela
Agora é modelo à força
Que o diga António Capela

T'resa Torga T'resa Torga
Vencida numa fornalha
Não há bandeira sem luta
Não há luta sem batalha




Nota. barbuda = "Situação confusa, desordem, zaragata" (Novo Dicionário do calão, Afonso Praça. casa das letras)






Teresa Torga




2 comentarios:

Paco Campos dijo...

¡pobre de Tesesa en estos tiempos en los que todo el mundo tiene teléfono móvil y se cree con derecho a fotografiarlo todo...!

Paco

El transcriptor dijo...

Desgraciadamente no cuesta imaginarse ese escenario que pintas, Paco.