.

.

.

el sabroso oficio / del dulce mirar GóngoraWie schwer es ist, die Schönheit zu begreifen! Günter Eich

martes, 14 de abril de 2015

Vitorino - Fado da liberdade livre




"Ao pretender entender o passado não muito longínquo da implantação da República, Vitorino faz aquilo que pode ser uma banda sonora da sua (nossa) vida e recria as ambiências - em ficção - do que pode ter sido a música popular que andava no ar, no princípio do século XX."

De su disco Viva a República viva (2010)


FADO DA LIBERDADE LIVRE

Não ser livre, não consigo
Por isso já decidi
Se não for livre contigo
Vejo-me livre de ti

Amo-te à minha maneira
Não sei se é crime ou castigo
Mas por muito que eu te queira
Não ser livre, não consigo

Deus me livre de trocar
A liberdade por ti
És livre de não gostar
Por isso já decidi

O risco de te perder
É preço de maior perigo
Deus te livre de eu te querer
Se não for livre contigo

* * * * * * * *


A Implantação da República Portuguesa foi o resultado de uma revolução organizada pelo Partido Republicano Português, iniciada no dia 2 e vitoriosa na madrugada do dia 5 de outubro de 1910, que destituiu a monarquia constitucional e implantou um regime republicano em Portugal. (Wikipédia)