.

.

.

el sabroso oficio / del dulce mirar GóngoraWie schwer es ist, die Schönheit zu begreifen! Günter Eich

miércoles, 11 de enero de 2017

30 años de "Cuando los elefantes sueñan con la música"




Con un poquito de retraso felicito a Carlos Galilea, pues su programa Cuando os elefantes sueñan con la música, cumplió ayer su trigésimo aniversario. Ahí es nada... Música brasileña, jazz, e tem mais. En la estupenda, maravillosa y variada Radio 3, de lunes a viernes, de tres a cuatro de la tarde.

Hace un año escuchamos aquí João e Maria cantada por Nara Leão y Chico Buarque, que escribió la letra para una música de Sivuca.

Ahora es la delicada voz de Nara Leão  acompañada por la sanfona o acordeão de Dominguinhos. Beleza! Y a tu salud, Carlos, brindamos desde aquí com um gole de cachaça!


JOÃO E MARIA

Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você
Além das outras três
Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque
E ensaiava um rock
Para as matinês

Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz
E você era a princesa
Que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido
Vem, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade
Acho que a gente nem tinha nascido

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo
Sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim




1 comentario:

Paco Campos dijo...

Nos unimos al brindis

Paco