.

.

.

el sabroso oficio / del dulce mirar GóngoraWie schwer es ist, die Schönheit zu begreifen! Günter Eich

domingo, 15 de enero de 2017

Bévinda - Ter outra vez vinte anos




TER OUTRA VEZ VINTE ANOS

Ai, quem me dera
Ter outra vez vinte anos
Ai! como eu era
Como te amei, Santo Deus
Meus olhos
Pareciam dois franciscanos
À espera
Do céu que vinha dos meus

Beijos que eu dava
Ai! como quem morde rosas
Ai como te esperava
Na vida que então vivi
Podiam acabar os horizontes
Podiam secar as fontes
Mas não vivia sem ti

Ai! como e triste
Eu dizer não me envergonho
Saber que existe
Um ser tão mau e ruim
Que eras um ombro para o meu sonho
Traíste-te o melhor que havia em mim

Ai! como o tempo
Pôs neve nos teus cabelos
Ai como o tempo
As nossas vidas desfez
Quem me dera
Ter outra vez desenganos
Ter outra vez vinte anos







Violeta Parra canta "Volver a los diecisiete"



(Fotografía de Sarah Saharabbey)



No hay comentarios: